Coroa do Espírito Santo

Esta devoção origina-se de uma exortação do Papa Leão XIII, datada de 5 de maio de 1895, na qual aconselha os católicos a fazerem devotamente a novena do Espírito Santo e sugere a seguinte fórmula:

Dirigente: Oh! Deus, vinde em nosso auxílio.

Todos: Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.

D: Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.

T: Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Primeiro Mistério:

D: Vinde, Espírito Santo de Sabedoria

Todos: Desprendei-nos da coisas da terra e infundi-nos o amor e o gosto pelas coisas do céu.

Reza-se sete vezes:

Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor.

Vinde e renovai a face da terra.

Em seguida se reza:

Oh! Maria, que por obra do Espírito Santo concebestes o Salvador: rogai por nós.

Segundo Mistério:

D: Vinde, Espírito Santo de Entendimento.

Todos: Iluminai a nossa mente com a luz da eterna verdade e enriquecei-a de santos pensamentos. (o resto como no primeiro Mistério)

Terceiro Mistério:

D: Vinde, Espírito de Conselho.

Todos: fazei-nos dóceis às vossas inspirações e guiai-nos no caminho da salvação.

Quarto Mistério:

D: Vinde, Espírito de Fortaleza.

Todos: dai-nos força, constância e vitória nas batalhas contra os nossos inimigos espirituais.

Quinto Mistério:

D: Vinde, Espírito de Ciência.

Todos: Sede o Mestre de nossas almas e ajudai-nos a pôr em prática os vossos santos ensinamentos.

Sexto Mistério:

D: Vinde, Espírito de Piedade.

Todos: Vinde morar e nosso coração, tomai conta dele e santificai todos os seus afetos.

Sétimo Mistério:

D: Vinde, Espírito de Santo Temor de Deus.

Todos: Reinai e nossa vontade e fazei que estejamos sempre dispostos a tudo sofrer antes que Vos ofender.

Oração Final

Oh! Divino Espírito Santo, Vós que me esclareceis de tudo, que iluminais todos meus caminhos para que eu possa atingir a felicidade, Vós que me concedeis o sublime dom de perdoar e esquecer as ofensas e até o mal que me tenham feito, a Vós que estais comigo em todos os instantes, eu quero humildemente agradecer por tudo que tenho, por tudo que sou e confirmar uma vez mais a minha intenção de nunca me afastar de Vós por maior que seja a ilusão ou tentação material, com a esperança de um dia merecer e poder juntar-me a Vós e a todos os meus irmãos na glória e na paz da eternidade.

Assim seja, Amém.