Rosário de Amor para as Almas do Purgatório

Início: Dulcíssimo Jesus, pelo suor e sangue que derramastes no Horto das Oliveiras, tende piedade das almas do Purgatório!

No primeiro Pai-Nosso: Dulcíssimo Jesus, pelas dores da Vossa crudelíssima flagelação, tende piedade das almas do Purgatório!

Nas 10 Ave-Marias: Jesus, Maria eu Vos amo! Salvai almas!

No segundo Pai-Nosso: Dulcíssimo Jesus, pelas dores da Vossa coroação de espinhos, tende piedade das almas do Purgatório!

Nas 10 Ave-Marias: Jesus, Maria eu Vos amo! Salvai almas!

No terceiro Pai-Nosso: Dulcíssimo Jesus, pela dores que sofrestes no caminho do Calvário, tende piedade das almas do Purgatório!

Nas 10 Ave-Marias: Jesus, Maria eu Vos amo! Salvai almas!

No quarto Pai-Nosso: Dulcíssimo Jesus, pelas dores da Vossa penosíssima agonia, tende piedade das almas do Purgatório!

Nas 10 Ave-Marias: Jesus, Maria eu Vos amo! Salvai almas!

No quinto Pai-Nosso: Dulcíssimo Jesus, pelas imensas dores que sentistes expirando na Cruz, tende piedade das almas do Purgatório!

Nas 10 Ave-Marias: Jesus, Maria eu Vos amo! Salvai almas!

Na Salve Rainha: Dulcíssimo Jesus, pelas últimas gotas de Sangue do Vosso Coração transpassado pela lança, tende piedade das almas do Purgatório!

Rosário Milagroso das Almas do Purgatório

Primeiro Mistério Vos suplicamos, Senhor, tirais tantas almas do purgatório e convertais tantos pecadores, quantas forem as sensações de dor que sofreu vosso amantíssimo Coração e o de vossa Puríssima Mãe, na noite de vossa dolorosa Paixão e cruel agonia no horto das Oliveiras. E vós, almas santas, alcançai-nos do Senhor as graças que desejamos conseguir por intercessão da Santíssima Virgem, saudando-a dez vezes com a jaculatória.

Oh! Maria ! sem pecado concebida, rogai por nós que recorremos a Vós.

Segundo Mistério Vos suplicamos, Senhor, tireis tantas almas do purgatório e convertais tantos pecadores, quantas foram as sensações de dor que sofreu vosso amantíssimo coração e o de vossa Puríssima Mãe com o tormento dos cruéis açoites que sofrestes amarrado a uma coluna. E vós, almas santas, alcançai-nos do Senhor as graças que desejamos conseguir por intercessão da Santíssima Virgem, saudando-a dez vezes com a jaculatória.

Oh! Maria ! sem pecado concebida, rogai por nós que recorremos a Vós.

Terceiro Mistério Vos suplicamos, Senhor, tireis tantas almas do purgatório e convertais tantos pecadores, quantas foram as sensações de dor que sofreu vosso amantíssimo coração e o de vossa Puríssima Mãe com a cruel coroação de espinhos, burlas e escárnios. E vós, almas santas, alcançai-nos do Senhor as graças que desejamos conseguir por intercessão da Santíssima Virgem, saudando-a dez vezes com a jaculatória.

Oh! Maria ! sem pecado concebida, rogai por nós que recorremos a Vós.

Quarto Mistério Vos suplicamos, Senhor, tireis tantas almas do purgatório e convertais tantos pecadores, quantas foram as sensações de dor que sofreu vosso amantíssimo coração e o de vossa Puríssima Mãe no encontro do vale da amargura caminhando com a pesada cruz de nossos pecados. E vós, almas santas, alcançai-nos do Senhor as graças que desejamos conseguir por intercessão da Santíssima Virgem, saudando-a dez vezes com a jaculatória.

Oh! Maria ! sem pecado concebida, rogai por nós que recorremos a Vós.

Quinto Mistério Vos suplicamos, Senhor, tireis tantas almas do purgatório e convertais tantos pecadores, quantas foram as sensações de dor que sofreu vosso amantíssimo coração e o de vossa Puríssima Mãe nas três horas de mortal agonia e dolorosa morte na Cruz. E vós, almas santas, alcançai-nos do Senhor as graças que desejamos conseguir por intercessão da Santíssima Virgem, saudando-a dez vezes com a jaculatória.

Oh! Maria ! sem pecado concebida, rogai por nós que recorremos a Vós.

Orações Finais: Se conclui o rosário rezando o Credo e a Salve Rainha.

Rosário pelas Almas

Repetir cinco vezes os dez Mistérios da Paixão para formar um Rosário de cinco dezenas.

Oração inicial: Abri, Senhor, nossos lábios; alentai nossos corações e limpai-nos de vãos, impuros e impertinentes pensamentos; Iluminai nosso entendimento, inflamai nossa vontade, para que, com todo nosso coração, meditemos os passos de vossa Sagrada Paixão e Morte, com as acerbadíssimas dores de Vossa Mãe Santíssima, e mereçamos ser ouvidos ante o acatamento de vossa Divina Majestade, que viveis e reinais em todos os séculos. Amém.

Mistérios da Paixão .

1. Jesus meu, por aquele suor copioso de sangue que derramastes no horto, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)

Piedosíssimo Jesus meu, olhai com benignos olhos as almas dos fiéis defuntos pelas quais foste morto e recebido o tormento de cruz. Amém.

2. Jesus meu, pela bofetada que recebeu teu rosto venerável, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)

Piedosíssimo Jesus meu, olhai com benignos olhos as almas dos fiéis defuntos pelas quais foste morto e recebido o tormento de cruz. Amém.

3. Jesus meu, pelos cruéis açoites que sofreste, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)

Piedosíssimo Jesus meu, olhai com benignos olhos as almas dos fiéis defuntos pelas quais foste morto e recebido o tormento de cruz. Amém.

4. Jesus meu, pela coroa de agudos espinhos que traspassaram tua Santíssima cabeça, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)

Piedosíssimo Jesus meu, olhai com benignos olhos as almas dos fiéis defuntos pelas quais foste morto e recebido o tormento de cruz. Amém.

5. Jesus meu, pelos passos que deste na rua da Amargura com a cruz as costas, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)

Piedosíssimo Jesus meu, olhai com benignos olhos as almas dos fiéis defuntos pelas quais foste morto e recebido o tormento de cruz. Amém.

6. Jesus meu, por teu Santíssimo rosto cheio de sangue, que deixaste impresso no véu da Verônica, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)

Piedosíssimo Jesus meu, olhai com benignos olhos as almas dos fiéis defuntos pelas quais foste morto e recebido o tormento de cruz. Amém.

7. Jesus meu, pela vestidura sangrenta que com violência te arrancaram os soldados, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)

Piedosíssimo Jesus meu, olhai com benignos olhos as almas dos fiéis defuntos pelas quais foste morto e recebido o tormento de cruz. Amém.

8. Jesus meu, por teu Santíssimo Corpo cravado na cruz, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)

Piedosíssimo Jesus meu, olhai com benignos olhos as almas dos fiéis defuntos pelas quais foste morto e recebido o tormento de cruz. Amém.

9. Jesus meu, por teus Santíssimos pés e mãos cravados com duros cravos, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)

Piedosíssimo Jesus meu, olhai com benignos olhos as almas dos fiéis defuntos pelas quais foste morto e recebido o tormento de cruz. Amém.

10. Jesus meu, por teu lado aberto por uma lança, de onde manou sangue e água, tende misericórdia das almas do purgatório (ou da alma de N.)